terça-feira, 1 de julho de 2014

Felipão admite arrependimento de um nome entre 23 convocados




O técnico Luiz Felipe Scolari admitiu na noite desta segunda-feira, 30, em conversa com jornalistas, que se arrependeu de ter convocado um dos 23 jogadores que participam da Copa do Mundo. Felipão não quis revelar quem frustou o treinador, mas disse que nesta terça, 1º, que trocaria um dos convocados, de acordo com o colunista da Folha, Juca Kfouri. A declaração ganha força, já que o técnico tem o hábito de defender fervorosamente suas escolhas e os atletas que fazem parte da "família Scolari". Apesar de não ter citado nomes, Felipão deu pistas de quem está fora da sua lista de bem quistos. Durante a conversa com seis jornalistas "amigos" da Seleção Brasileira, o comandante não polpou elogios para Hulk, que exerceu o papel de vilão e herói da equipe canarinha no duelo com o Chile. Hulk errou o passe durante cobrança de lateral e cedeu o empate para o chileno. Mas foi "heróico", segundo Felipão, ao tentar se redimir do erro e mostrar garra na partida. Felipão avalia formação campeã de 2002 contra Colômbia Ele correu 12 km durante o jogo, participou de um lance polêmico em um possível pênalti que não foi dado pelo juiz e fez um gol anulado pelo árbitro. Até o segundo erro de Hulk, ao perder um pênalti, parece que foi perdoado pelo comandante da "família Scolari". Outro elogiado foi o goleiro Júlio César.

Nenhum comentário:

Postar um comentário