quarta-feira, 9 de abril de 2014

Governador da Bahia, vice e secretários têm salários aumentados




Um decreto publicado no Diário Oficial do estado, nesta quarta-feira (9), reajustou os vencimentos do chefe do Estado

Alexandre Galvão-De miniférias desde o dia 31 de março, o governador Jaques Wagner deve voltar do passeio com seu salário aumentado. Um decreto publicado no Diário Oficial do estado, nesta quarta-feira (9), reajustou os vencimentos do chefe do Estado.


Autorizado pelo presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Erserval Rocha, que está interinamente no cargo, Wagner passará a receber R$18.653,38. Antes da ordem, o petista recebia R$ 18.299. Outro agraciado com a decisão de Rocha foi o vice-governador do Estado. Otto Alencar, que antes recebia R$ 14.120, teve seus vencimentos também atualizados e agora irá embolsar R$ 16.107,19 por mês.
O abono se estende também aos secretários da administração pública. Os chefes das 26 pastas, assim como o vice-governador, terão R$16.107,19 na conta ao final de cada mês.


Novo aumento já previsto
No segundo semestre do ano, Wagner terá seu receita aumentada mais uma vez. Segundo o decreto, o governador receberá R$ 19.369,67. Otto e os dirigentes de pastas baianas, na mesma época, passarão a receber R$ 16.725,71.

O projeto passou por votação na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e foi aprovado. Em 2012, o mesmo plenário AL-BA já havia aprovado uma majoração de 6,5% para as autoridades baianas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário