terça-feira, 15 de abril de 2014

Mulheres farão parte da tropa de elite da Guarda Presidencial palestina




Vinte e sete mulheres palestinas devem se tornar as primeiras integrantes da Guarda Presidencial, uma tropa de elite palestina de 2.600 homens. A Guarda Presidencial foi criada pelo líder Yasser Arafat

As recrutas da Guarda Presidencial foram escolhidas na turma de formandas da Universidade da Independência no ano passado, um curso superior de quatro anos em Jericó.

O sucessor de Arafat, Mahmoud Abbas, fez com que a guarda passasse a treinar segurança pessoal e também se empenhar em missões antiterroristas.

Por enquanto, as recrutas trabalharão na Margem Ocidental e não na Faixa de Gaza, que não é controlada por Abbas, mas pelos militantes islâmicos do Hamas.

As mulheres devem começar o serviço em Ramallah no meio do ano. O uso de mulheres nas forças nacionais de segurança é comum em Israel.

Fonte: MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário